sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Chimpanzé ganha prêmio de US$ 10 mil em concurso de arte


Sua pintura ficou em primeiro lugar no concurso, realizado online, após receber os votos de mais de 27 mil internautas.
As telas também foram julgadas por Jane Goodall, respeitada estudiosa americana de primatas.
Os prêmios concedidos aos chimpanzés no concurso - patrocinado pela Humane Society of the United States, a maior organização de proteção aos animais dos EUA - serão revertido aos santuários onde eles vivem. Primatas de cinco santuários americanos participaram da competição.
Chimp Haven/Associated Press
Chimpanzé Brent ganhou prêmio de US$ 10 mil em concurso de arte
Chimpanzé Brent ganhou prêmio de US$ 10 mil em concurso de arte
Aposentado
Brent é uma cobaia de laboratório aposentada que vive no Chimp Haven, um santuário no Estado da Louisiana (sul dos Estados Unidos). A Humane Society diz que ele vive agora com uma companheira, chamada Grandma ("Vovó", em inglês) e "adora rir e brincar".
"Todas as obras foram belas e únicas, tal como os chimpanzés", disse Jane Goodall, em um comunicado divulgado pela Humane Society.
"Foi difícil escolher (a melhor obra). É importante que o público apoie esses santuários em sua missão de fornecer cuidados especiais aos chimpanzés, e outros primatas, que sofreram muito ao longo dos anos."
Os chimpanzés Cheetah e Ripley foram premiados com o segundo e terceiro lugares na competição, respectivamente.
Cheetah ganhou US$ 5 mil, mas Goodall também lhe concedeu outro prêmio, de US$ 5 mil, ao escolher sua obra como a sua favorita pessoal. O chimpanzé mora no santuário de Save the Chimps, no Estado americano da Flórida (sul do país), que receberá o dinheiro.
Já Ripley, que ficou no terceiro lugar, garantiu US$ 2,5 mil para o Center for Great Apes, também localizado na Flórida.
Outros primatas ganharam US$ 500 a título de participação para seus santuários.
Humane Society of The United States/Associated Press
Quadro do chimpanzé Brent
Quadro do chimpanzé Brent

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

FENTECT - 8ª Reunião Acordo Coletivo 2013/2014 - (22/08/2013)

Oitava reunião entre a Comissão de Negociações da ECT e o Comando Nacional de Negociações e Mobilização da Campanha Salarial 2013/2014 da FENTECT. Reunião foi feita como sempre na Universidade dos Correios. Desta vez a ECT fez somemte uma apresentação do cenário econômico-financeiro da Empresa referente ao período de 2002 ao primeiro semestre de 2013.


Sendo demonstradas as seguintes informações:
  • Evolução do efetivo de empregados;
  • Peso das bolsas dos carteiros;
  • Comparativo entre o tráfego total e o efetivo operacional;
  • Comportamento atual e projeção do lucro da ECT;
  • Comparativo entre as despesas com pessoal e a receita de vendas;
  • Evolução do custo de produtos e serviços;
  • Quadro geral de receita e despesa, dentre outros dados financeiros. 
Após os questionamentos sobre os pontos levantados na apresentação, a FENTECT solicitou a disponibilização do material apresentado pela ECT, para que seja feita a análise dos dados  juntamente com a sua área técnica, o que ficou acordado entre as partes que a ECT enviará o arquivo via e-mail para o endereço eletrônico da FENTECT na data de hoje, dia 22/08/2013.

Solicitou ainda, que a empresa apresente o número atual de empregados tercerizados da empresa. A ECT informou que fará o levantamento dos dados solicitados pela FENTECT e apresentará em reunião posterior.

As negociações continuam na próxima terça-feira, dia 27/08/2013, às 9h30. 

LEIA a ATA da Reunião (ECT e FENTECT) 22/08/2013

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

FENTECT - 6ª Reunião Acordo Coletivo 2013/2014 - (20/08/2013)

Em mais uma reunião na Universidade dos Correios, reuniram-se o Comando de Negociação da ECT e o Comando Nacional da FENTECT, deu-se inicio as negociações.

Calendários de Reuniões - Foram acordados que as reuniões ocorram nos dias de terça-feira, quarta-feira, quinta-feira de manhã e tarde, podendo ser alterado de acordo com as necessidades das partes.

As primeiras cláusulas debatidas entre as partes foram  cláusula 16 (Trabalho nos fins de semana e Feriado) e a cláusula 17 (Gratificação Isonômica de função), conforme a Pauta de reivindicações protocolada pela FENTECT.


O que diz a cláusula 16 (Pauta de Reividicação da FENTECT):
16 – NÃO AO TRABALHO NOS FINS DE SEMANA E FERIADO
A ECT abolirá os trabalhos aos sábados e incorporará os 15% (quinze por cento) desse direito adquirido aos salários de todos os empregados, independentemente do tempo de serviço trabalhado ou não, aos sábados ou domingos.
  • § 1º - Em caso de expressa concordância do empregado em trabalhar em algum sábado, domingo ou feriado, a ECT pagará ao mesmo uma remuneração de 250% (duzentos e cinquenta por cento) sobre sua hora normal, além dos vales-refeição/alimentação e transporte/combustível os reflexos na remuneração.
  • § 2º - A chefia imediata do trabalhador deverá acatar a opção do mesmo, sem prejuízo dos vales refeição/alimentação e transporte/combustível, caso o trabalhador opte por duas folgas em data escolhida pelo mesmo.
  • § 3º – A ECT garantirá o acréscimo do 5º (quinto) sábado em forma de TFS (Trabalho de Fim de Semana) com os respectivos vale-alimentação e Refeição e Vale Transporte.
A FENTECT destacou além da Pauta, situações especificas vividas pelos Ecetistas, sendo elas:


  • O recebimento do adicionalde 30% ou adicional para o cargo de motorista na função de motorista operacional;
  • O convite para o trabalho no final de semana, sem obrigatoriedade para o atendimento;
  • Frequente cancelamento, pela Empresa, das convocações nas vésperas de realização das mesmas; e 
  • A opção de escolha pelo empregado referente ao dia de folga.

Com relação a cláusula 16, a ECT esclarece a impossibilidade de abolir os trabalhos aos sábados, devido à responsabilidade social e contratual assumida perante aos clientes, o que inclusive garante a sua liderança no mercado e garante e emprego e blábláblá... Quanto à incorporação dos 15%, a ECT entende ser inviável, pois este percentual esta diretamente condicionado aos trabalhos realizados aos sábados.

O que diz a clausula 17 (Pauta de Reividicação da FENTECT):

17 – GRATIFICAÇÃO ISONÔMICA DE FUNÇÃO
A ECT concederá e pagará aos trabalhadores que ocupam a função de motorista operacional, carteiro motorizado, motociclista, ciclista, operador de carrinho tracionado (eco-cargo) para distribuição e operador de empilhadeiras, operador de raio X e aos que trabalham no setor de registrados, bem como aos do GECAC (Sistema Fale Conosco), gratificação isonômica pelo maior valor daquela paga ao supervisor operacional, em todo território brasileiro.
  • § 1º - A ECT fará, também, a classificação de todos os carteiros motorizados para motorista e motociclistas.
  • § 2º - A ECT pagará percentual de função para os trabalhadores, motociclistas e motoristas que não estejam na função, independentemente dos dias trabalhados.
  • § 3º - Os trabalhadores que forem aprovados no Sistema Motorizado terão sua habilitação custeada pela ECT.
  • § 4º - A ECT abonará o tempo utilizado pelo trabalhador no período de renovação de CNH.
  • § 5º - O trabalhador que estiver afastado, por restrições médicas, problemas de saúde ou por qualquer motivo e retornar ao serviço não perderá nem a função nem a gratificação de função, adicional de mercado e/ou adicional de risco. Será garantida a retroatividade desses direitos aos trabalhadores já reabilitados.
  • § 6º - A ECT incorporará no salário do trabalhador as respectivas gratificações após 06 (seis) meses do exercício da função.
  • § 7º - A ECT pagará uma comissão de 30% sobre vendas de produtos e serviços realizados pelos Atendentes Comerciais, pelos trabalhadores das Centrais de atendimento (CAC), como outros trabalhadores que venham a efetuar vendas;
  • § 8º - Fica a ECT obrigada a reconhecer a função de Tele-Atendimento e secretária administrativa.
  • § 9º – A ECT garantirá independente do nível da agência, o mesmo valor de gratificação de função para todos os trabalhadores ((gerente, tesoureiro, supervisor), fixada inicialmente nas agências ou unidades de categoria I.
Em relação à cláusula 17, a ECT diz que o impacto financeiro inviabiliza atender o pleito. No entanto algumas questões apresentadas em mesa serão levadas apara análise das áreas técnicas da ECT, apesar de restrições da ECT, como ao recebimento de 30% pelo motorista na função de motorista operacional.

Próxima reunião ocorrerá dia 21/08/2013, às 9h30.

Leia a ATa da Reunião (ECT e FENTECT) 20/08/2013

Leia a PROPOSTA DE PAUTA NACIONAL DE REIVINDICAÇÕES 2013-2014 da FENTECT

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Lista de cidades que desligarão TV analógica primeiro sai na semana que vem .


O Ministério das Comunicações deve divulgar na semana que vem uma lista com até 600 grandes cidades brasileiras que vão começar a desligar a TV analógica para que a faixa dos 700 MHz fique liberada para o 4G. O prazo para que as operadoras de telefonia comecem a receber a faixa de frequência é para março de 2015.
 
Lista de cidades que desligarão TV analógica primeiro sai na semana que vem
Faixa dos 700 MHz ainda pode demorar para funcionar com o 4G. (Fonte da imagem: Reprodução/Blog do Cezar Santos)

O ministro Paulo Bernardo explicou que o desligamento começando em 2015 pode contar com menos cidades na lista, já que as empresas de radiodifusão ficaram de oferecer uma contraproposta para o governo estudar, com uma seleção de localidades reduzida. As cidades que poderão sair dessa lista são municípios menores, que provavelmente ficarão mais tempo sem o sinal 4G na faixa específica. Com isso, as empresas de TV poderiam ter mais tempo para migrar sua tecnologia para outra faixa.
Bernardo ainda fala que estão sendo estudados vários cenários para a migração de tecnologia de TV. Pode ser possível a adoção de subsídios para emissoras de TV e para telespectadores comprarem equipamentos adequados para acelerar a migração.
Fonte: ComputerWorld

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/4g/43397-lista-de-cidades-que-desligarao-tv-analogica-primeiro-sai-na-semana-que-vem.htm#ixzz2cVx0IGjk

Internet 3G e 4G poderão chegar a todos os municípios mais cedo

O prazo para que o acesso à internet móvel com as tecnologias 3G e 4G esteja disponível em todos os municípios brasileiros poderá ser antecipado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). As metas serão revistas durante a elaboração do edital da faixa de 700 mega-hertz (MHz), que será destinada ao 4G.

Segundo o presidente da Anatel, João Rezende, a prioridade é estabelecer no edital a obrigação das operadoras que vencerem o leilão de levar redes de alta capacidade a todos os municípios, mas a antecipação em um ou dois anos das metas de internet móvel também pode entrar na negociação.

“Vamos ter que calcular qual o valor financeiro da faixa, se há condições de fazer, ou não, essa antecipação. Temos que colocar rede de alta capacidade nos municípios, ver qual o valor dessa faixa [de 700 MHz] tem e ver por quais obrigações vamos trocar. É possível que façamos a antecipação, mas vamos ter que fazer as contas”, disse Rezende à Agência Brasil.

As metas para a universalização da 3G e da 4G são para 2017 e 2019, respectivamente. Segundo Rezende, ainda existem cerca de 1,5 mil municípios que não contam com a tecnologia 3G no país. “Está muito longe 2017 para o 3G, tem que antecipar tudo e de fato massificar o 3G e o 4G, tem muita gente só com o 2G ainda.”

De acordo com Rezende, o leilão da faixa de 700 MHz poderá ser feito em abril ou maio do ano que vem e o edital deve ser divulgado em dezembro. “Estamos trabalhando com esse calendário.”

Fonte: Diário de Pernambuco.

domingo, 18 de agosto de 2013

Exército britânico poderia ter matado a princesa Diana



foto
Foto: Divulgação
Diana, mãe dos príncipes Willian e Harry, morreu aos 36 anos
A Special Air Service (SAS), forças especiais do Exército britânico, poderiam estar por trás da morte da princesa Diana, segundo relatos de jornais britânicos. A informação veio de parentes de um ex-soldado que fez a denúncia. A polícia britânica disse ontem (17) que avalia uma nova informação sobre as mortes da princesa e de seu então namorado, Dodi al Fayed, em um acidente de carro em Paris em 1997.
O órgão disse em um comunicado que estava estudando a informação e que está "avaliando sua relevância e credibilidade". "Isso não é uma nova investigação e não vem da Operação Paget", afirma o comunicado, em referência à investigação policial que analisa denúncias de assassinato.
A Polícia Metropolitana de Londres não deu detalhes sobre a investigação, mas os jornais britânicos “Daily Mirror” e “Daily Mail” afirmam que a revelação surgiu durante o julgamento do sargento Danny Nightingale, da SAS, condenado por uso ilegal de sua pistola.
Uma carta do ex-companheiro de quarto de Nightingale, identificado apenas como soldado N, foi enviada pelos sogros deste ao comando da SAS em 2011. Na carta, ele alega que o órgão “esteve por trás da morte da princesa Diana”, e que havia acobertado o ocorrido.
Um porta-voz real afirmou que não comentaria a nova informação.
Diana, Dodi e o chofer morreram em acidente de carro em um túnel enquanto eram perseguidos por fotógrafos após o casal deixar o Hotel Ritz, em agosto de 1997.
Diana, ex-mulher do herdeiro ao trono, príncipe Charles, e mãe dos príncipes William e Harry, tinha 36 anos quando morreu.

sábado, 17 de agosto de 2013

Para viajar no Tempo...Lembrar do 3 Estrelas, Cassino, Guarani e Brasil, Clubes de São Gabriel, de onde não se voltava com os calçados limpos...

As dançantes dos anos 80

Gravações inéditas do Joy Division foram resgatadas de caçamba

Da BBC News

Atualizado em  16 de agosto, 2013 - 05:58 (Brasília) 08:58 GMT


Joy Division | Martin O'Neil - Redferns
Joy Division foi uma das bandas mais influentes dos anos 70
Gravações inéditas da banda Joy Division foram recuperadas de uma caçamba de entulho por uma antiga engenheira de som da gravadora da Stockport's Strawberry Studios, fechada há 20 anos.
Julia Adamson diz também ter salvado fitas da banda Magazine e New Order.
"Eles estavam jogando tudo na caçamba quando fecharam as portas e ficamos arrasados”, disse ela entrevista à BBC.
Adamson e o marido, o também engenheiro de som Chris Nagle, resgataram gravações produzidas por Martin Hannett - que trabalhou com o Joy Division e outras bandas de Manchester -, além de "várias outras coisas que conseguiram carregar".
"Não achávamos que fossem valiosas, só não gostávamos da ideia de que fossem jogadas fora", disse ela, que foi tecladista e guitarrista do The Fall.

'Unknown Pleasures'

Adamson revelou a história no Facebook e disse também que está procurando um colecionador que queira herdar o material, já que não quer mais guardá-lo.
caixa de fitas | Julia Adamson
No Facebook, Julia Adamson postou fotos das caixas de fitas resgatadas
Uma das gravações contém sessões de gravação do Joy Division para o clássico álbum Unknown Pleasures, de 1979.
Ela postou fotos no Facebook que mostram caixas de fitas com nomes escritos a mão de bandas como New Order, The Durutti Column, Magazine e The Psychedelic Furs.
Segundo ela, muitas são cópias de fitas originais que ainda existem e estão guardadas em outro lugar.
Mas uma delas, intitulada "Joy Division outtakes", contém gravações de músicas como "She's Lost Control", "Wilderness" e "New Dawn Fades" que nunca foram ouvidas antes.
"Essas versões são diferentes das do álbum", diz ela. "São as primeiras versões, feitas antes da gravação final, mas são muito boas".
O Joy Division foi um dos grupos mais influentes dos anos 70. Depois que o cantor Ian Curtis se suicidou, em 1980, os outros membros da banda continuaram a fazer sucesso com a banda New Order.
Atualmente, Julia Adamson é dona da gravadora Invisible Girl, em Manchester.

Leia os INFORMES e ATAS da Reunião entre a FENTECT e a ECT nos dias 14 e 15 de agosto

Leia o Informe 003 da FENTECT enviado aos sindicatos e a Ata Runião - FENTECT - ECT -14-08-2013 em Brasília
Leia também a Ata Runião - FENTECT - ECT -15-08-2013 e o Informe 004 após a reunião com a ECT em Brasília, quando a empresa cedeu para o Comando e marcou a reunião para terça-feira, dia 20 reunião para discutir a Pauta de Reivindicações dos trabalhadores.
Acesse o link http://issuu.com/fentect se inscreva e passe a receber os documentos e notificações sobre as novidades.

Senado instaura auditoria para investigar gasto de R$ 2 milhões em selos


Senado instaura auditoria para investigar gasto de R$ 2 milhões em selos
O Senado instaurou auditoria interna para investigar o gasto de quase R$ 2 milhões com a compra de selos, apesar de os senadores usarem máquina seladora para o envio de correspondências que dispensa a postagem em papel.



Em nota divulgada nesta sexta-feira, a Casa admite que os selos não são utilizados pela instituição e diz que eles são "desnecessários uma vez que a postagem é feita diretamente na agência" dentro dos "parâmetros do contrato" firmado com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.


Reportagem do jornal "O Estado de S. Paulo" revelou o gasto de R$ 2 milhões com os selos pelo Senado. Segundo a publicação, a Casa gastou quase R$ 2 milhões com a compra de 1,4 milhão de selos - considerando o valor de R$ 1,20 para uma carta comum - em um ano e quatro meses, mas não sabe o que foi feito com o material.


A auditoria foi aberta em junho para apurar as despesas dos senadores e da área administrativa com a chamada cota postal. A reportagem afirma que as investigações já afastou funcionários. O Senado confirma, na nota, que também proibiu a distribuição de selos em julho, após o início das investigações.


"Em julho, a pedido da administração, o primeiro secretário [do Senado] referendou a suspensão da distribuição interna de selos", diz a nota. A instituição afirma que só poderá confirmar o número de selos e o valor gasto com o material após a conclusão da auditoria.


A reportagem diz ainda que parte dos selos foi entregue a alguns senadores, que os requisitaram oficialmente, mas não há registro sobre o paradeiro da maior parte do material. Entre os senadores, o jornal diz que familiares donos de agências franqueadas dos Correios.


Pelas regras do Senado, não há limite para gastos com o envio de correspondência dos congressistas. A norma diz apenas que cada parlamentar pode enviar duas correspondências para cada mil habitantes de seu Estado.


CONTRATO


Segundo o Senado, há um contrato no valor de R$ 10,8 milhões firmado com os Correios em 2013, dos quais R$ 4,1 milhões já foram utilizados pela instituição até o mês de julho.


O total inclui tanto a compra de selos quanto outros serviços prestados como a empresa, como a selagem automática das correspondências. A nota diz, ainda, que em 2012 a Casa gastou R$ 6,6 milhões no contrato com os Correios.


Na nota, o Senado diz que vem adotando medidas para reduzir despesas da cota de correspondência depois de identificar a "necessidade de reformulação da área encarregada do envio de correspondência e postagens em geral".


A Casa diz que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos também prestou treinamento para o uso "mais econômico" de seus serviços com mais de cem servidores da instituição.


"De outro lado, a coordenação responsável colocou à disposição desses usuários servidores especialmente preparados e disponíveis para prestação de atendimento nos locais de trabalho. Passou a manter, diariamente, pelo menos um representante do setor na agência dos Correios para verificação de conformidade do material enviado", diz a nota do Senado.

Anvisa confirma pelos de rato em ketchup da Heinz

Caso foi denunciado há seis meses pela Proteste. Lote foi retirado do mercado pela Vigilância Sanitária em São Paulo.

Ketchup da marca Heinz 

Ketchup da marca Heinz: irregularidade foi detectada pela Proteste em amostras compradas em supermercado de São Bernardo do Campo
São Paulo - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou a denúncia da presença de pelos de rato no produto Tomato Ketchup, da marca Heinz. O caso foi denunciado há seis meses pela Associação de Consumidores Proteste. Após testes, um lote do produto foi retirado do mercado pela Vigilância Sanitária em São Paulo.

Um outro lote do produto 2K04, com vencimento em janeiro de 2014, adquirido no Carrefour Taboão, de São Bernardo do Campo, também estava contaminado.
Em fevereiro, a Anvisa considerou que as análises foram feitas por laboratório não oficial. Novos testes foram feitos pelo Instituto Adolfo Lutz, de Santo André.
A irregularidade foi detectada pela Proteste no lote 2C30 do produto por exame microscópico em amostras compradas em supermercado de São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo, no final de 2012.
O produto foi considerado pela Proteste como impróprio para consumo. Agora a entidade está pedindo inspeção na indústria Quero Alimentos, importadora e distribuidora do produto Heinz no Brasil.
Nota da empresa
Quando a denúncia surgiu, a Heinz Brasil informou que não teve a oportunidade de avaliar o produto ou de validar a precisão do teste do produto. "Com base em nossos rigorosos programas de qualidade e segurança temos razões para questionar o teste e não temos nenhuma evidência de problemas de segurança com o produto", informou a empresa.
Diante da confirmação da denúncia pela Anvisa, a empresa divulgou nova nota informando que todos os produtos trazidos para o País são produzidos de acordo com as normas sanitárias de seus países de origem, bem como normas internacionais. A empresa acrescentou que os lotes em questão não estão em circulação e que está analisando os aspectos levantados pelo caso.
O produto que apresentou problemas de contaminação é de origem mexicana, fabricado pela Delimex. Por isso a Proteste informou os resultados das análises à Associação de Consumidores do México.
Em 2005, a entidade havia avaliado 16 marcas de ketchup e identificado cinco produtos impróprios para consumo. Mas somente após cinco anos obteve na Justiça autorização para divulgar o resultado dos testes. Quando saiu a autorização, em 2010, os lotes dos produtos cujas análises indicaram presença de pelos de roedores, pedaços de penas de ave e ácaros nas embalagens não estavam mais no mercado.

 

Quarenta cobras pitão encontradas num quarto de motel no Canadá

As autoridades canadianas resgataram 40 cobras pitão que se encontravam dentro de caixas de plástico num quarto de motel canadiano. O quarto era ocupado por um casal, que não se encontrava no local na altura da operação da polícia.
As cobras, com comprimentos entre os 30 e 137 centímetros, foram encontradas na quinta-feira no quarto de um motel em Brantford, a cerca de 100 quilómetros de Toronto, dentro de várias caixas de plástico.
Segundo a polícia, “as cobras não estavam bem tratadas e mostravam-se agitadas”.
As autoridades chamaram a Sociedade para a Prevenção da Crueldade contra os Animais canadiana para que os animais fossem observados e transportados para instalações adequadas.
O gerente do motel indicou à polícia que as pitão pertenciam a um casal que tinha pedido um quarto por uma noite e que não se encontrava no local na altura da chegada da polícia.
Em Bradford não é permitido ter cobras pitão como animal doméstico, uma imposição legal que se repete em outras cidades canadianas.
Este caso segue-se ao de dois irmãos que terão sido mortos por uma cobra durante o sono. Segundo uma autópsia realizada às duas crianças de cinco e sete anos, ambas morreram asfixiadas. O animal pertencia ao dono da casa onde ocorreu o incidente. A cobra terá conseguido escapar da caixa de vidro onde era guardada e chegar à divisão onde os irmãos dormiam.
O caso levantou uma acesa discussão sobre ter cobras como esta como animal de estimação.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Pesquisadores descobrem nova espécie de carnívoro que é "mistura de gato com urso de pelúcia"

O olinguito, da família do guaxinim, vive nas florestas do Equador e da Colômbia e é a primeira espécie de carnívoro descoberta no Ocidente nos últimos 35 anos

Olinguito: pesando cerca de um quilo, o mamífero carnívoro é o primeiro mamífero descoberto no ocidente nós últimos 35 anos
Olinguito: pesando cerca de um quilo, o mamífero carnívoro é o primeiro mamífero descoberto no ocidente nos últimos 35 anos (Mark Gurney)
Pesquisadores do Museu Nacional de História Natural Smithsonian, nos Estados Unidos, finalmente desfizeram um mal-entendido que durou mais de um século: um animal já observado na natureza, em museus e até em zoológicos havia recebido a identificação errada por todos esses anos. Ao corrigir o erro, os cientistas encontraram o olinguito, primeiro carnívoro descoberto no ocidente nos últimos 35 anos.
CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Taxonomic revision of the olingos (Bassaricyon), with description of a new species, the Olinguito

Onde foi divulgada: periódico ZooKeys

Quem fez: Kristofer M. Helgen, Miguel Pinto, Roland Kays, Lauren Helgen, Mirian Tsuchiya, Aleta Quinn, Don Wilson e Jesus Maldonado

Instituição: Museu Nacional de História Natural Smithsonian, nos EUA, e outras

Resultado: Os pesquisadores descobriram o olinguito (Bassaricyon neblina), primeiro carnívoro descoberto no ocidente nós últimos 35 anos
O olinguito, que recebeu o nome científico de Bassaricyon neblina, é o último membro identificado da família dos Procionídeos, à qual pertencem o guaxinim, o quati, o jupará e os olingos. Pesando cerca de um quilo, o olinguito tem olhos grandes e pelo marrom-alaranjado, que o fazem parecer "um cruzamento entre um gato doméstico e um urso de pelúcia". Na natureza, ele vive nas florestas nebulosas da Colômbia e do Equador (de onde vem o termo "neblina" de seu nome científico).
"A descoberta do olinguito nos mostra que o mundo ainda não foi completamente explorado, e seus segredos mais básicos ainda não foram revelados", afirma Kristofer Helgen, curador de animais do museu e principal autor do estudo. "Se novos carnívoros ainda podem ser encontrados, que outras surpresas nos esperam? Tantas espécies ainda não são conhecidas pela ciência. Documentá-las é o primeiro passo em direção a um entendimento de toda a riqueza e diversidade da vida na Terra", diz o pesquisador. O estudo que descreve o olinguito foi publicado nesta quinta-feira, no periódico ZooKeys.
Longo caminho – A descoberta foi o resultado do trabalho de uma década. O objetivo inicial da pesquisa era estudar as diversas espécies de olingos, carnívoros do gênero Bassaricyon. Mas uma análise de mais de 95% dos exemplares desses animais presentes em museus, aliada a testes genéticos e dados históricos, revelou a existência do olinguito, que não havia sido descrito até então.
A primeira pista veio dos dentes e do crânio do animal, que são menores e apresentam formato diferente do olingos. Os animais da nova espécie também são menores e têm pelagem mais longa e densa. Porém, como as informações das quais os cientistas dispunham vinham de observações e exemplares capturados no início do século XX, era preciso descobrir se o olinguito ainda existia na natureza.
Para isso, os pesquisadores se uniram a Roland Kays, diretor do Laboratório de Biodiversidade e Observações da Terra do Museu de Ciências Naturais da Carolina do Norte, que ajudou a organizar uma expedição de campo. "Os dados dos exemplares antigos nos deram uma ideia do que procurar, mas ainda parecia um tiro no estudo", conta Kays.
Leia também:
Chineses descobrem "tio-avô distante" dos humanos, com 165 milhões de anos

Habitat natural – Em uma expedição de três semanas, os pesquisadores encontraram os olinguitos e documentaram tudo o que puderam sobre o animal e seu habitat. Eles descobriram, por exemplo, que o olinguito é mais ativo durante a noite, se alimenta principalmente de frutas, raramente desce das árvores e tem um filhote de cada vez.
Os pesquisadores estimam que 42% de seu habitat já tenha sido transformado em áreas agrícolas ou urbanas. "As florestas nebulosas dos Andes são um mundo à parte. repletas de espécies que não são encontradas em outros lugares, muitas das quais podem estar ameaçadas. Nós esperamos que o olinguito possa ser um ‘embaixador’ para as florestas do Equador e da Colômbia", afirma Helgen.
Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/pesquisadores-descobrem-nova-especie-de-carnivoro-na-america-latina

Reunião para discutir a PAUTA dos trabalhadores: na próxima terça-feira, dia 20

Foi só falar em ocupar a empresa que os negociadores da ECT decidiram rever a posição de reduzir o Comando.
Foi dado um intervalo na reunião e o comando mantendo sua posição firme consegue impedir o retrocesso que a empresa tentou impor de retirar o direito ao comando amplo com as representações sindicais.
A empresa está sinalizando começar a negociar com o Comando Amplo, mas ainda precisa definir sobre a liberação dos negociadores, que estão em Brasília, mas são trabalhadores da base sem liberação sindical.
A empresa continua sem querer autorizar a filmagem.
A reunião foi encerrada com a ECT se comprometendo a começar a negociar na próxima semana, terça-feira, dia 20/08
O Comando vai elaborar um “protocolo” discutido com os trabalhadores na Plenária do dia 31 de agosto sobre a questão das filmagens das negociações, pois a empresa está intransigente nesse ponto, alegando questões de segurança institucional.
O Comando está reunido na Fentect elaborando o Informe que será enviado para os sindicatos junto com a ATA da reunião de hoje.
Em breve estaremos publicando na TV Fentect uma série de depoimentos e entrevistas sobre o andamento das negociações, com os representantes de São Paulo, Santos e São José do Rio Preto, Piauí e Minas Gerais.
Acompanhe os vídeos no canal da Fentect no YouTube
http://www.youtube.com/tvfentect

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Findect - 3ª Reunião ocorreu na manhã desta quarta-feira (14/08/2013)

Aconteceu nesta quarta-feira (14/08)  pela manhã a terceira reunião entre a ECT e a FINDECT para tratar das negociações referentes ao Acordo Coletivo de Trabalho 2013/2014, válido até a próxima data base.
Estiveram presentes na reunião os companheiros: Gandara (SINDECTEB), Diviza (SINTECT-SP), Ronaldão (SINTECT-RJ), Valdinez (SINTECT-RO), Rufino (SINTECT-TO) e Moacir (SINTECT-RN).

Temas abortados:


  • Questão Raciais - Ficou acordado a manutenção do texto da cláusula 22 do acordo vigente e a criação de mesa temática para aprofundar no assunto.
  • Questão da Mulher e Gênero - Ficou acordado entre as partes que os assuntos que envolve as cláusulas 10 (Assédio Sexual e Moral), 38 (Licença adoção), 45 (Período de amamentação) e 48 (Prorrogação da licença maternidade), serão mantidas conforme Arcodão vigente. No que se refere à cláusula 27 (Garantias da Mulher Ecetista), também será mantido o Acordão vigente.
  • Contratação de Pessoal - Houve acordo entre as partes para manutenção das cláusulas 16 (Concurso Público) e 17 (Contratação de Empregado).
  • Acesso às Dependências a ECT - Na clausula 1, a ECT propôs que houvesse um periodo de intervalo entre as visitas de pelo menos de 30 dias na mesma unidade, para reuniões com os trabalhadores e redução do tempo de reuniões para 20 minutos. A direção da Findect entendeu que a cláusula já está adequada às necessidades da ECT.

A ECT insistiu que o assunto fosse analisado pela FINDECT para próxima reunião.

Próxima reunião agendada para 15/08/2013.



Leia a ATA da reunião.
Acompanhe a negociação da Campanha Salarial Correios 2013-2014

Google desmente falta de privacidade no Gmail



A notícia de que o Google confirmava que "o usuário do Gmail não pode esperar privacidade" caiu como uma bomba na imprensa mundial, incluindo o Olhar Digital, mas a empresa tratou de desmentir as informações repercutidas.

A informação foi retirada do Consumer Watchdog, que confundiu um pouco as coisas. A publicação cita a declaração de que  "uma pessoa não tem expectativa legítima de privacidade sobre a informação que ela voluntariamente repassa a terceiros" como sendo do Google, quando na verdade se trata de uma citação de uma jurisprudência de outro processo. Ou seja: a frase nem mesmo é do Google.

Eis a declaração inteira:

"Como o remetente de uma carta para um colega de negócios não pode ficar surpreso quando o assistente do recipiente abre a carta, as pessoas que usam e-mails na web não devem ficar surpresos quando suas comunicações são processadas pelo serviço de comunicação eletrônica no curso de entrega. De fato, "uma pessoa não tem expectativa legítima de privacidade sobre a informação que ela voluntariamente repassa a terceiros"", cita o processo.

A frase destacada vem da Suprema Corte dos EUA, que afirma que a utilização de um "pen register", um dispositivo que grava todos os números discados por um telefone, mas não seu conteúdo, não seria ilegal. O processo em questão gerou a doutrina legal de que um usuário que entrega seus dados a uma empresa não espera privacidade sobre seus dados.

Colocando a frase em um contexto, o Google tentava afirmar que usuários de serviços de e-mail de outras empresas, quando enviam uma mensagem para algum endereço do Gmail, também estão sujeitos aos filtros do serviço.

As declarações vêm de uma moção apresentada em 13 julho pelos advogados da gigante de buscas durante processos judiciais sobre privacidade que correm no Vale do Silício, nos EUA. Usuários do Gmail e de outros serviços processam o Google por acreditarem que o fato de a empresa "minerar" o conteúdo das contas possa ser considerado uma escuta ilegal.

Em comunicado oficial ao Mashable, o Google afirma respeitar a privacidade do usuário. "Levamos a privacidade e segurança de nossos usuários de forma muito séria. As reportagens simplesmente não são verdadeiras. O Gmail tem os melhores recursos de segurança e privacidade e as proteções se aplicam sempre, não importa quem envia o e-mail para um usuário do Gmail".

Agradecimento ao Posto de Saude Central, de Eldorado do Sul-RS

Compartilhada de maneira particular  -  21:09
 
Essa postagem é uma nota de agradecimento de um amigo, ao Posto de Atendimento Central de Eldorado do Sul-RS.
Posto de Saúde Central
Rua Batori José Rodrigues dos Santos, 52, Centro, Eldorado do Sul - RS, 92990-000
Segue referência de agradecimento, postada no Facebook, por um colega e amigo, sobre o atendimento dessa unidade:
Jose Milton Castlhos Marinho
Quero parabenizar, e agradecer pelo excelente atendimento, que tive por parte dos médicos e enfermeiros do posto de saúde central de Eldorado do Sul, as vezes que estive em consulta em horário de emergência, fui muito bem atendido pelos mesmos, Agradeço de coração a estes profissionais.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Estelionato sindical: Uma farsa chamada Findect

Entenda porque que a federação do Sindicato de São Paulo e Bauru não pode negociar nem assinar o acordo coletivo dos trabalhadores dos Correios
correios
 Diviza e o mentor da Findect, Wagner Pinheiro, presidente da ECT.
 (Foto: Internet)
A categoria dos Correios desde a campanha salarial de 2012 está lidando com um verdadeiro caso de estelionato. A empresa alimenta a farsa de uma federação paralela para a negociação do acordo coletivo. Por quê?
A chamada Findect (Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores dos Correios) é um arremedo de federação criada por um agente do SNI (Serviço Nacional de Informação), o conhecido pelego da categoria, Chico de Bauru.
Como a Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios) passa por um processo de mudança interna, em sua direção, com os históricos traidores da Articulação Sindical do PT perdendo cada vez mais espaço e poder dentro da Federação, a direção da empresa decidiu apostar na divisão da categoria e ter na Findect o apoio para aprovar acordos rebaixados e impedir uma ampla, nacional e organizada mobilização dos trabalhadores. Essa é a única e verdadeira justificativa para a alegada existência da Findect.
Uma farsa a ser desmascarada
Diante da necessidade da empresa, os mafiosos do PCdoB no Sintect-SP e Sintect-RJ negociaram para que os pelegos de Bauru tirassem o registro da Findect da gaveta e se apresentassem como como federação.
A questão é que como foi registrada a Findect apenas poderia representar, exclusivamente, de acordo com seu Estatuto registrado no Ministério do Trabalho, das bases territoriais de São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Então como negociar em dos trabalhadores do Rio de Janeiro, Tocantins, Rondônia e Rio Grande do Norte. Vale lembrar que SP tem cinco sindicatos no total e apenas o da capital e de Bauru reivindicam a Findect.
O estatuto desta federação pirata diz o seguinte: “Artigo 1º – A Federação Interestadual dos Empregados da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e Similares de Comunicação dos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia, fundada no dia 01 de maio de 1990, em Bauru, doravante denominada simplesmente FINDECT.”
A Fentect é a única Federação dos trabalhadores dos Correios
Na última semana o Sintect-RJ apresentou m calendário que, para contrariar a Fentect e dividir os trabalhadores, fala de greve para o dia 11 de setembro. Fala em greve nacional. Mas como pode falar em greve nacional se a Findect é interestadual, tem em seu estatuto o registro de Minas Gerais, Bahia e São Paulo, mas destes tem apenas o sindicato de SP?
De acordo com o Código Penal brasileiro o estelionato é capitulado como crime econômico (Título II, Capítulo VI, Artigo 171), sendo definido como “obter, para si ou para outro, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil ou qualquer outro meio fraudulento”.
A Findect e com ela a empresa estão induzindo os trabalhadores ao erro. Criando uma confusão sobre as negociações para inviabilizar a Campanha Salarial da categoria.
Quando a farsa estiver revelada a todos e desfeita, a empresa vai dizer que também foi enganada, e “induzida ao erro”, mas o fato é que nada disso seria possível sem a participação ativa da empresa que conta com a Findect para acabar com o Correios Saúde.
A Fentect é a única e legítima representante dos trabalhadores ecetistas. Queira a ECT, os traidores e pelegos ou não. É preciso desfazer as mentiras da empresa e de seus línguas de aluguel e organizar neste ano uma grande campanha em defesa das nossas perdas salariais, condições de trabalho e do nosso plano de saúde. Pelos 47,8%, o correios saúde ou greve nacional dia 17 de setembro.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

É da sua época?!

1980] Tênis Bamba

 É da sua Época? Você se lembra do "Tênis Bamba" na década de 80? O Tênis fez muito sucesso na época e crianças e adultos usavam este calçado.
 Tinha as cores Preto, Vermelho e Azul.
 Você já teve um?

Centrais preparam greve geral para 30 de agosto e 7 de Setembro

Para quem achou que o dia de Paralização Nacional estaria resumido apenas ao 11 de julho passado? Engana-se.
Ainda não acabou o inferno astral do governo Dilma. Sem diálogo com o governo federal sobre suas reivindicações, as centrais sindicais vão distribuir em todo país 10 milhões de exemplares de um jornal que convoca os trabalhadores para uma paralisação nacional no dia 30 de agosto e 7 de Setembro..

Sobradão da General Câmara , em São Gabriel,RS

Essa casa ainda existe e foi toda reformada. É uma das mais antigas da cidade. Fica na rua General Câmara, antiga rua das Flores, esquina com a Andrade Neves, descida para a Vila Maria. Foi mandada construir por Luis Gonçalves das Chagas, o “Barão de Candiota”, em meados do século retrasado. O historiador Osório Santana Figueiredo está atualmente escrevendo um novo livro, intitulado “O Barão de Candiota – Vila de Tiaraju”. (Foto postada no Facebook por Milton Chotquis)

Da série "Já foi tarde!" - Morreu um dos criminosos de guerra nazistas mais procurados

Morreu um dos criminosos de guerra nazis mais procurados. O húngaro Laszlo Csatari aguardava julgamento por crimes de guerra durante a ocupação nazi. Segundo a acusação, Csatari terá contribuído para execuções e torturas cometidas contra judeus, e terá participado ativamente na deportação de milhares de pessoas para os campos de extermínio nazis. Com 98 anos, o criminoso de guerra estava hospitalizado, tendo morrido em Budapeste. Até ser internado, estava a aguardar julgamento em prisão domiciliária. Csatari era o mais procurado da lista de criminosos que o Centro Simon Wiesenthal continua a tentar levar perante a justiça, quase 70 anos depois do fim da II Guerra Mundial. .

http://gs.delfi.lt/images/pix/laszlo-csatary-61660333.jpg

IBGE começa pesquisa inédita sobre condições de saúde dos brasileiros


Pesquisadores do IBGE começaram nesta segunda-feira (12) a visitar casas em todo país. Ao bater na porta das casas, os entrevistadores não vão apenas fazer perguntas. 

Pesquisadores do IBGE começaram nesta segunda-feira (12) a visitar casas em todo país para reunir informações de um estudo inédito. O retrato mais completo da saúde da população.
Como anda a saúde dos brasileiros? Os entrevistadores do IBGE estão em busca dessas respostas. O trabalho já começou no Rio Grande do Sul e em outros seis estados. Durante três meses, 80 mil domicílios vão ser visitados em 1600 municípios de todo o país.
O questionário é extenso. Inclui perguntas sobre o estilo de vida, a presença de doenças crônicas e até sobre a qualidade do atendimento médico.
Para traçar o mais completo retrato da saúde dos brasileiros, ao bater na porta das casas, os entrevistadores não vão apenas fazer perguntas. O IBGE também vai medir altura, peso e verificar a pressão de um morador de cada residência. Em 25% das áreas visitadas, pela primeira vez, vão ser feitos exames de sangue e urina para análise em laboratório.
As amostras vão ser coletadas em casa e o morador o vai receber o resultado de graça.
“Nós teremos a possibilidade de identificar doenças silenciosas, como o diabetes, como algum tipo de insuficiência renal, como a hipertensão arterial que o paciente ainda não tenha tido a oportunidade do diagnóstico”, explica Deborah Malta, dir.Vigilância de Doenças - Min. da Saúde.
Os entrevistadores foram treinados para tirar medidas precisas, inclusive da circunferência abdominal, um indicador de risco para doenças cardíacas. A população vai ter um diagnóstico que nunca foi feito antes.
“Sem dúvida é a pesquisa mais completa já feita no país. Um retrato muito fiel e espera-se muito útil para o aprimoramento das políticas de saúde no país”, comenta Márcia Quintsler, dir. de pesquisas – IBGE.

Reunião com a ECT acontecerá na quarta-feira, dia 14/08/2013

Na última reunião, na quinta-feira, dia 8 de agosto, ficou prevista para hoje nova reunião entre a FENTECT e os representantes da ECT.
Mas na sexta-feira a ECT enviou solicitação à Federação para mudar a data da reunião, que acabou ficando marcada para a próxima quarta-feira, dia 14 às 09h30m na Universidade dos Correios (UNICO), em Brasília.
Nesta reunião a empresa deve enfim se posicionar sobre a filmagem e transmissão ao vivo das reuniões. A FENTECT espera que nela sejam de fato iniciadas as negociações e discussão da Pauta de Reivindicações dos trabalhadores, tendo em vista que até agora, duas reuniões foram realizadas sem essa discussão porque a empresa insiste em interferir na livre organização dos trabalhadores, escolhendo o Comando que negociará o Acordo Coletivo, em retrocesso ao que já foi realizado no ano passado, quando a empresa não questionou a presença de 11 representantes dos trabalhadores na mesa de negociação.
Acompanhe os documentos relacionados com a Campanha Salarial 2013:
Pauta Nacional 2013
Ata Runião – FENTECT – ECT -06-08-2013
Informe 001
Ata Runião – FENTECT – ECT -08-08-2013
Ata Runião – FENTECT – ECT -08-08-2013

Informe 002

domingo, 11 de agosto de 2013

Pai herói: história de dedicação e disciplina marcam a vida de carteiro.Esforço além do limite e Nenhum reconhecimento por parte dos Correios

Pai herói: história de dedicação e disciplina marcam a vida de carteiro

Pai herói: história de dedicação e disciplina marcam a vida de carteiroPai herói: disciplina e responsabilidade marcam a vida de carteiro no interior da PB que completa 35 anos de serviço sem faltar a nenhum expediente

Prestes a completar 35 anos de trabalho dedicados exclusivamente ao serviço público, o único carteiro da cidade de Areia, brejo paraibano, por 32 anos, Elias Alves Pereira, mais conhecido como ‘Mero dos Correios’, 59 anos, bate às portas da aposentadoria em outubro deste ano depois de trilhar uma intensa jornada de disciplina e responsabilidade aliada à obstinação.

 Sem nunca ter faltado a nenhum expediente nesse período e sem nem mesmo ter apresentado um único atestado médico para justificar uma possível ausência, o empregado público do interior da Paraíba possui uma história exemplar de esforço e dedicação que contraria a imagem, muitas vezes negativa, do serviço público no Brasil.

Exercendo uma profissão cansativa e que requer, além de muita atenção, um bom condicionamento físico, o carteiro ingressou na profissão em outubro de 1978, com 24 anos, quando, após uma seleção para uma vaga, ficou na segunda colocação. Após 15 dias de trabalho, o primeiro colocado para a função, no entanto, entregou o cargo por considerá-lo exaustivo e sobrecarregado para apenas uma pessoa ‘dá conta’ e Mero acabou sendo convocado para assumir a vaga.

Hoje pai de três filhas, Mero dos Correios, que à época estava com a esposa grávida da primeira filha, tomou a responsabilidade para si e decidiu encarar o desafio de (sozinho), entregar as correspondências para os mais de 25 mil habitantes da cidade. Ele explica que esse senso de responsabilidade, todavia, veio com a paternidade.

Em uma época que não havia a facilidade do mundo virtual existente nos dias de hoje, o carteiro acordava mais cedo e saia mais tarde para não ter que deixar serviços pendentes para os dias posteriores, mesmo trabalhando mais que o horário do expediente e sem ganhar nenhuma hora extra por isso.

“Quando nos é dada uma oportunidade nós temos que agarrá-la e foi isso que fiz, tinha uma família para cuidar e aprendi que o homem é o responsável por sustentar sua família, se fui homem para fazer, também tinha que ser homem para assumir e manter uma casa e uma família então, quando fui chamado para o serviço, não pensei duas vezes e hoje estou completando meus 35 anos de serviço sem nenhuma mancha que pudesse sujar meu currículo”, comemorou.

Filho de mãe e pai agricultores, foi na infância que o carteiro aprendeu a importância da disciplina e o senso de responsabilidade, quando via os pais acordarem cedo para trabalhar no roçado. Um trabalho também cansativo, mas que, segundo ele, feito com dedicação sempre rendeu bons frutos.

SEM RECONHECIMENTO

Único carteiro da cidade durante 32 anos, Mero dos Correios, todavia, nunca recebeu o mérito do reconhecimento da empresa pelo empenho e esforço dedicados à estatal. Pelo contrário. Em vez de reconhecimento, o carteiro só recebia cobranças e pressões para bater as metas estipuladas pela diretoria regional dos Correios, sendo inclusive, em determinada época, obrigado a não só entregar cartas, mas também a vender os produtos oferecidos pela ECT (Empresa de Correios e Telegráfos).

Nesse mesmo período a empresa pública passou por várias greves, mas o funcionário paraibano, mesmo cobrado e pressionado, nunca aderiu a nenhuma paralisação. Não por medo de represálias, mas sim para que a população não fosse prejudicada com atrasos ocasionados pela intransigência da direção em ceder às negociações salariais.

“O reconhecimento e consideração ficaram apenas para os funcionários dos grandes centros, nós do interior, principalmente da Paraíba, somos apenas um número, uma matrícula e nada mais, nunca fui contemplado com gratificação ou até mesmo uma carta de parabéns, nada, nada, nada, apenas trabalho”, desabafou.

O funcionário dos Correios ainda lembra que sempre fez seu trabalho de acordo com o que considera correto, com uma boa conduta.

“Para a empresa, o funcionário fazer algo a mais é uma obrigação e não um diferencial. Nós do interior da Paraíba não somos e nem nunca fomos reconhecidos, fiquei 32 anos sozinho como carteiro na cidade e só nos últimos três anos é que enviaram mais um funcionário para cá e porque eu tive um acidente de trabalho e recebi a recomendação que não mais poderia fazer grandes esforços”, desabafou o carteiro, ao lembrar que em cidades vizinhas, com uma população menor, já havia um efetivo maior de carteiros, enquanto em Areia, para a empresa, apenas um era suficiente, já que esse ‘um’, que era ele, sempre deu conta do trabalho.

Apesar de não ter o reconhecimento da empresa, o carteiro disse que encontra no amor da família que construiu nessa jornada, a esposa Magna Dias e as três filhas, Vera, Eliagna e Márcia, a verdadeira motivação para ter se empenhado no trabalho todos esses anos.

“Saber que com meu trabalho proporcionei às minhas três filhas a oportunidade de estudar e adquirirem o diploma de curso superior é uma das minhas maiores recompensas, elas que só me deram e me dão orgulho mostram que o esforço dedicado nesses anos todos de trabalho valeu a pena”, disse emocionado.

Ao lembrar-se da esposa, Magna Dias, que na cidade ficou conhecida como Magna de Mero dos Correios, o carteiro não esconde o amor que ainda é latente, mesmo passados mais de 35 anos de união matrimonial.

“Minha esposa é meu maior reconhecimento, ela me deu filhas maravilhosas, sempre esteve do meu lado, sempre me incentivou, sempre me amou, sempre ouviu meus desabafos, às vezes reclamava por eu me dedicar demais à empresa, enfim, não só uma mulher, mas uma companheira que esteve e está comigo nesses mais de 35 anos”, declarou.



DIAS DIFÍCEIS

Após mais de três décadas sem ter apresentado um único atestado médico, em 2010, Mero dos Correios teve a jornada interrompida ao descobrir que estava com o baço rompido devido a uma queda de moto sofrida dias antes em um acidente de trabalho. A doença só foi detectada graças à exigência de exames periódicos solicitados anualmente pela empresa.

“Quando tenho que fazer entregas em locais distantes, uso a moto dos Correios e certo dia ao realizar um desvio, acabei passando por um monte de terra e caindo na moto. Na ocasião o guidão bateu forte na região da minha barriga, mas achei que era apenas uma pancada normal. Como nunca tinha apresentado um atestado, achei que por aquela pancada também não era necessário, mas quando fiz os exames, graças a Deus o rompimento do baço foi detectado a tempo, o médico disse que ele estava apenas por uma película e se tivesse estourado eu poderia ter morrido devido a uma hemorragia interna”, lembrou.




Por determinação médica, o carteiro teve que se afastar dos trabalhos pela primeira vez. Recebendo auxílio doença através do INSS, Mero dos Correios ficou três meses longe das ruas e essa foi a primeira vez que seu trabalho e esforço recebeu o reconhecimento verbal da gerência local.

“Areia não tinha nenhum outro carteiro e como eu estava impossibilitado à empresa tinha que encontrar um substituto e encontrou, no entanto, quando voltei eles disseram que preferiam a mim com 50% da capacidade, a um novato com 100% de saúde plena”, lembrou Mero, ao destacar que sempre teve consciência de que fez mais pela empresa, do que a empresa fez por ele em todos esses anos de serviço dedicados à estatal.

Além de perder o baço, o tempo de serviço também deixou o carteiro com algumas enfermidades, a exemplo de hipertensão e diabetes. Hoje ele toma remédio controlado para amenizar o impacto das doenças e teme pela possibilidade de perder o Plano de Saúde dos Correios quando se aposentar.


“Espero que o Sindicato consiga a manutenção do plano de saúde também durante a aposentadoria, pois já velhos, precisamos de mais assistência e mais cuidados, principalmente porque perdemos uma boa parte da nossa saúde pelo trabalho na empresa durante todos esses anos”, disse.


HONESTIDADE TESTADA

Nem mesmo a trajetória sem manchas e sem deslizes foi suficiente para isentar o assíduo carteiro da prerrogativa da dúvida. Há cerca de cinco anos Mero dos Correios passou, literalmente, por uma prova de honestidade, quando teve sua conduta testada por uma investigação que tentava descobrir quais funcionários estavam envolvidos em receptação de mercadorias adquiridas de forma ilícita.

“Veio uma pessoa até minha casa fazer uma proposta para que eu ficasse recebendo umas mercadorias com endereços fictícios e me solicitaram que eu repassasse o material em troca de uma quantia em dinheiro. Eu logo vi que aquilo era coisa errada, pois quando não encontramos o endereço temos que fazer a devolução da mercadoria para o endereço do remetente, e foi isso que eu disse, que não queria, que não contassem comigo, pois não iria sujar minha carreira por conta de uma mixaria”, lembrou. Ainda segundo o carteiro, tempos depois foi descoberto que os homens que fizeram a tal proposta estavam tentando descobrir a existência de corrupção na estatal.

O DIA A DIA

O carteiro lembra que uma história de 35 anos no serviço público não tem apenas glórias, mas também altos e baixos. “Arrebente e estafe quantos cavalos necessários, mas entregue a carta com toda a urgência. Se não arrebentar uma dúzia de cavalos, no caminho, nunca mais será correio, tenha consciência do que faz!” Estas foram às palavras do Conselheiro José Bonifácio de Andrada e Silva, que sintetizam muito bem o quão significativa é a profissão.

Mero diz que adora ser carteiro, e que se fosse para reclamar de alguma coisa seria dos próprios receptores, que no descaso do dia-a-dia, entres outras coisas não prendem seus cães, o que faz com que o carteiro tenha que manter distância da residência.

“Já levei muito susto de cachorro e até mordida, mas nada de grave, mas é bom manter a distância sempre”, disse.

Mero ainda destaca que as pessoas deveriam se preocupar mais com as caixas receptoras, que na maioria das vezes não existem, e que sem elas o documento pode ser facilmente extraviado.

“Chegamos às seis da manhã, paramos ao meio-dia e trabalhamos até o final da tarde. Aprendi a gostar do que me foi dado, e o que me foi dado foi à oportunidade de ser carteiro. Gostaria de ter estudado mais, me formado em um curso superior, mas naquela época tudo era mais difícil, então tive que trabalhar para manter minha família. Hoje, graças a esse trabalho, consegui manter a casa e transmitir o valor e a importância dos estudos para as minhas três filhas, hoje todas formadas em curso superior”, destacou.

‘CAUSOS’ ENGRAÇADOS



Falta de reconhecimento à parte, a profissão carteiro rendeu a Mero dos Correios também boas histórias, principalmente devido à exposição ao sol, à chuva e aos animais domésticos que ora atrapalhavam, ora o colocavam para correr. Como o trabalho é exaustivo, Mero conta algumas situações que, se não fossem trágicas, seriam cômicas.

“Areia tem muita ladeira, certa vez eu já havia percorrido todo o percurso e já voltava para o Centro da cidade quando uma pessoa lá no final da ladeira começou a gritar, Meroo...Merooo...Meroo...e eu cansado, um sol de lascar, ainda com um malote cheio de correspondências para entregar nas outras ruas, desci, fui ao encontro da pessoa e lá ela me pergunta: tem correspondência pra mim?. ..(risos) Desci tudo só para dizer que não tinha, se tivesse eu teria entregado”,contou.

Antes de sair para o trabalho, uma das funções do carteiro é separar as correspondências por endereços, fazer a triagem, para poder fazer a entrega. “Era véspera de Natal, eu tinha uma pilha de correspondências pra entregar, a maioria cartões de boas festas. Fiz um bolo de correspondência, separei por ruas e coloquei na mão e comecei a caminhada e a entrega, de repente chega um cidadão bêbado, pega no meu braço e começa a chacoalhar dizendo: Merooo há quanto tempo, você é um caba bom danado. E foi assim que eu fiquei de coro quente, ao ver as cartas todas caindo da minha mão e o trabalho de triagem todo jogado por água abaixo”, lembrou dando risadas da situação que naquele momento o irritou.

Também no Natal, vez por outra o carteiro se vestia de papai Noel dos Correios e uma história com uma criança de quatro anos o marcou, pela inocência da situação.

“Em Areia todos me conhecem, desde os adultos, idosos até criancinhas também. Me vesti de papai Noel e fui fazer a entrega dos presentes em uma casa da periferia, de repente a minha barba de papai Noel caiu. A criança, uma menininha de quatro anos olhou para mim como se tivesse descoberto a identidade secreta do bom velhinho e surpresa disse para a mãe: MAMÃE!!!! PAPAI NOEL É MERO (risos). Ela não achava que Mero era papai Noel e sim que Papai Noel era Mero, foi muito engraçado, todos rimos bastante”, lembrou.

Assim como o município de Areia, a história do carteiro Mero entra para o Patrimônio Cultural da cidade, com destaque para um legado de superação, disciplina, dedicação, responsabilidade e acima de tudo honestidade.

Infelizmente hoje, em pleno século XXI, esse tipo de dedicação é muitas vezes substituído pelo ócio e falta de determinação de jovens que poderiam, em um amanhã, também virarem mais um paraibano que se destaca no meio de tantas pessoas.


Márcia Dias

PB Agora




Foto: Clemilson Irmão/ Márcia Dias

Cervejaria gaúcha lança porta-garrafa com bloqueador de celular instalado

Cerveja desenvolve anulador de celular para garantir interação ‘real’ nos bares




Cerveja desenvolve anulador de celular para garantir interação 'real' nos bares 

Uma marca de cerveja do Rio Grande do Sul é contra quem vai para o bar, mas que deixa de interagir com os amigos reais para ficar só falando com os amigos virtuais. Nesta semana, a marca Polar fez um lançamento em Porto Alegre, capital gaúcha, de um porta garrafa que bloqueia o funcionamento dos telefones celulares. Com isso, a marca quer que os consumidores esqueçam do aparelho enquanto estiverem na mesa do bar, na companhia dos seus amigos de verdade, e não fiquem o tempo inteiro preocupados em conferir a tela do seu smartphone para saber se há alguma novidade, seja no telefone, ou seja nas redes sociais.
O dispositivo que anula o funcionamento dos telefones celulares tem uma tecnologia bem parecida com a daquelas antenas que bloqueiam os sinais dos telefones celulares nos presídios. O porta garrafa que inibe o funcionamento do celular já foi patenteado, e foi desenvolvido a pedido da marca a uma empresa especializada. No entanto, diferente das antenas dos presídios, que abrangem uma grande área, o porta-garrafas inibe apenas o sinal do celular de quem está na mesa do bar, ou numa área de cerca de um metro e meio, de acordo com as informações fornecidas pela empresa.
Outro ponto importante é que o dispositivo só funciona caso tenha uma cerveja dentro do porta-garrafas. Um sinal em sua base, em forma de luz, mostra que o dispositivo está ativo e quem estiver na mesa não terá o funcionamento do seu telefone celular. A bateria do porta-garrafa tecnológico dura, em média, quatro horas e é recarregável na luz. Assim, os bares não precisam substituir o equipamento, só colocá-los para recarregar.

Novidade deverá circular por cidades de todo o Brasil

Por enquanto, só os bares de Porto Alegre contarão com a novidade. No entanto, a ideia é de que os porta-garrafas bloqueadores de telefones celulares possam atingir pessoas de outros lugares do Brasil. Por isso, os clientes da marca poderão sugerir em quais locais querem ter o porta-garrafa com bloqueador de sinal de telefone celular por meio da fanpage da Polar na internet.

Na competição em Gramado, filme argentino aborda exílio de Perón

Márcio Luiz Do G1 RS, em Gramado
 


Puerta de Hierro Perón Festival de Gramado (Foto: Divulgação)Cena de "Porta de Hierro", filme sobre o exílio do líder político argentino (Foto: Divulgação)
Filme de abertura da mostra competitiva de longas-metragens estrangeiros no Festival de Cinema de Gramado de 2013, o argentino “Puerta de Hierro – El Exilio de Perón”, exibido na noite de sábado (10), propõe-se a reconstituir momentos importantes da vida do lendário líder político argentino durante seus 17 anos de exílio na Espanha, entre 1955 e 1972.
A história é centrada na casa em Madri que dá nome ao filme, a partir da qual o general articula seu regresso à Argentina e ao poder. Pela residência passaram militares, políticos, sindicalistas, guerrilheiros, estudantes e até o cadáver de Evita Perón, sua esposa que virou mito ao morrer aos 33 anos. O reencontro dois dois é uma das melhores cenas do filme.

Victor Laplace, Porta de Hierro Festival de Gramado (Foto: Itamar Aguiar/PressPhoto)Victor Laplace interpreta Perón e codirige
o filme (Foto: Itamar Aguiar/PressPhoto)
“Esses foram anos de muita resistência do peronismo. Sempre senti que faltava um livro ou um filme sobre essa etapa da vida de Perón e do país. Tentei fazer um filme com rigor histórico e que também trate de contar a intimidade do homem. Creio que os grandes líderes, grandes estadistas, têm de aparecer em sua totalidade, com seu caráter humano”, declarou o ator Víctor Laplace, que interpreta Perón e também codirige o longa.
Para mostrar a intimidade de Perón, os realizadores fizeram uso de uma personagem fictícia, Sofia, com quem o político cria uma relação estreita e troca correspondências. O Perón que surge na tela, no entanto, é sábio, decidido, solene e cujo maior amor é a política e o povo argentino. Parece faltar equilíbrio entre as virtudes e contradições do homem, desde sempre apontadas por peronistas e antiperonistas.
A influência de Maria Estela, a terceira esposa de Perón, mais conhecida como Isabelita, e o "bruxo" José Lopez Rega (ministro do Bem-Estar Social no goveno peronista de 1973) exercem sobre a vida e decisões do político também dá margem para contestação. Por vezes, o político é retratado com uma vítima de seu entorno e não como o principal responsável por suas decisões.
O destaque positivo é a performance de Laplace como Perón. Assumidamente peronista, o ator com quase 100 filmes no currículo encarnou o papel pela terceira vez. As duas outras anteriores foram em uma peça de teatro e no filme "Eva Perón", de 1996, uma produção argentina feita às pressas como uma resposta ao filme hollywoodiano estrelado por Madonna.

Ao menos 5,5 milhões não possuem nome do pai em certidão

Segundo estimativas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ao menos 5,5 milhões de brasileiros com menos de 18 anos não possuem o nome do pai na certidão de nascimento. O número é baseado no Censo Escolar, realizado em 2012 pelo Ministério da Educação.

Tendo em vista esta situação, o CNJ coordena o projeto Pai Presente, criado em 2010, que já possibilitou o reconhecimento voluntário da paternidade de mais de 22,8 mil pessoas. A inciativa visa incentivar os pais assumirem a responsabilidade, mesmo que de forma tardia.

Além do reconhecimento voluntário, foram abertas outras 23 mil ações judiciais de reconhecimento de paternidade, que resultaram em 13 mil exames de DNA. Desde que o programa foi criado, 228,4 mil mães foram notificadas para que fosse possível identificar o pais que não constavam na certidão de nascimento.

Além disso, o CNJ facilitou o procedimento para o reconhecimento de paternidade. Hoje a mãe pode buscar qualquer cartório de registro civil para entrar com um pedido, e o mesmo pode ser feito pelo pai, sem custo algum.

Antes, a pessoa que vivia em cidades onde não existem varas ou postos de atendimento do Ministério Público precisavam se deslocar até outras localidades para iniciar o processo de investigação.

Além do caráter afetivo, a medida visa assegurar aos filhos diretos legais como a pensão alimentícia e direito a herança.

Terra

Sopão - Carne de peito bovino com legumes





-Bacon
-Alho
-Cebola
-Tomate
-Cenoura
-Xuxu
-Batata doce
-Batata Inglesa
-Milho verde
-Abóbora (moranga)
-Aipim
-Talo de repolho
-Peito Bovino, cortado em cubos grosseiros
-Massa (Cabelo de Anjo)
-Sal a gosto
 ***Primeiramente, tem que temperar o peito à gosto.
Na panela refogue o bacon, o alho e o peito.
Quando começar a dourar, sem uma ordem específica, acrescentar todos os legumes, deixar ferver tudo, provar o sal, e por último, acrescentar a massa cabelo de anjo.... Garanto que fica muito bom!


Câmera ao Vivo-Aeroporto Salgado Filho e Aeromóvel.

Câmera ao Vivo mostra aeroporto e Aeromóvel em Porto Alegre

sábado, 10 de agosto de 2013

Lumia 520 é o aparelho Windows Phone mais vendido do mundo

Nokia domina 85% do mercado de dispositivos baseados no sistema operacional portátil da Microsoft.
Embora muitas companhias nos levem a acreditar que seus aparelhos mais caros também são aqueles que vendem mais, muitas vezes a realidade mostra um cenário bem diferente. Prova disso é um estudo conduzido pela agência de publicidade AdDuplex que mostra que o Nokia Lumia 520 é o dispositivo Windows Phone mais popular da atualidade.
Segundo a empresa, o smartphone domina 13,3% do mercado de dispositivos que contêm o sistema operacional portátil, do qual a Nokia detém uma participação de 85%. Isso se deve principalmente à parceria que a companhia finlandesa estabeleceu com a Microsoft na tentativa de escapar de seus problemas financeiros.
Embora o Windows Phone ainda tenha muito trabalho pela frente para alcançar o iOS e o Android, o sistema operacional vem demonstrando um grande potencial de crescimento. Prova disso é o fato de que o Lumia 520 continua registrando números crescentes de vendas meses após seu lançamento, que ocorreu em março deste ano.
Lumia 520 é o aparelho Windows Phone mais vendido do mundo (Fonte da imagem: Reprodução/AdDuplex)
Os dados da AdDuplex apontam que, enquanto a Microsoft detém o domínio sobre o mercado de dispositivos econômicos, a Google, Samsung, HTC e Apple lutam diretamente pela fatia de smartphones mais caros. A Nokia também espera competir nesse campo com o Lumia 920 e o recém-anunciado Lumia 1020 e sua câmera com sensor de 41 megapixels.
Fonte: AdDuplex

Negociação Salaria Correios 2013 - ATA e INFORME da Reunião desta quinta-feira, dia 08/08

Nesta quinta-feira, dia 8 de agosto ocorreu a segunda reunião entre a ECT e a FENTECT nesta Campanha Salarial.
A Fentect compareceu com seu Comando para começar a negociação, mas a empresa ignorou mais uma vez a necessidade de começar a discutir a pauta dos trabalhadores e insistiu em questionar o Comando Amplo e impondo a presença na mesa de negociação da federação pirata a Findect.
Os debates ocorreram com a Federação Nacional reafirmando que não vai legitimar a farsa que a empresa está realizando junto com a findect. A Secretária Geral da FENTECT Anaí Caproni, reafirmou que esse golpe não será aceito e que a empresa está impondo uma verdadeira ditadura.
DSC00911
Os membros do Comando reforçaram a decisão de não aceitar o retrocesso,  uma vez que no ano passado a negociação se deu com 11 membros da FENTECT na mesa e os demais membros do Comando como ouvintes. E agora a ECT quer apenas cinco ou “no máximo oito” representantes da FENTECT negociando.
A Anaí caracterizou essa postura da empresa como uma “negociação do mal”, pois a empresa não avança e ainda quer interferir no movimento sindical, escolhendo os negociadores, impondo “a presença de inimigos [findect] dos trabalhadores na mesa de negociação”.
A reunião foi concluída com os representantes da ECT se comprometendo em levar a discussão para a diretoria executiva para trazer uma posição sobre o andamento das negociações, a filmagem e a transmissão ao vivo para a próxima reunião a ser realizada na segunda-feira, dia 12, às 14h30min.
Leia a Ata Runião – FENTECT – ECT -08-08-2013
E o Informe 002 elaborado pelo Comando da FENTECT. O informe enviado aos sindicatos destaca a necessidade de que os estados enviem seus representantes para Brasília e realizem as assembleias para eleger delegados que irão participar da Plenária Nacional que ocorrerá em Brasília, no próximo dia 31. Dia seguinte, após o ato nacional em Brasília junto com outras categorias.
Veja também o Quantitativo de Delegados das respectivas bases para a Plenária.